top of page

A Terra influencia nas doenças?


Por Ludmila Rosa

 

A Terra tem muitos desafios: na natureza, poluição, desmatamento e mudanças climáticas; nas relações conjugais, desarmonia, ódio e traição; nas relações interpessoais, estresse, ignorância e falta de empatia; será possível se manter saudável diante desse cenário?


O debate sobre a influência da Terra nas doenças é uma questão complexa que tem sido abordada por diversas perspectivas ao longo do tempo. No âmbito das considerações espíritas, esta discussão adquire uma visão bem particular sobre o tema, misturando um pouco de Espiritualidade com a ciência.


Segundo a Doutrina Espírita, proposta por Allan Kardec no século XIX, a saúde e a doença estão ligadas não apenas ao corpo físico, mas também ao perispírito, a camada energética que envolve o Espírito. De acordo com as Obras Básicas do Espiritismo, como “O Livro dos Espíritos”, “O Evangelho Segundo o Espiritismo” e “A Gênese”, os Espíritos reencarnam em corpos físicos com o objetivo de evoluir espiritualmente.


O princípio da reencarnação é uma consequência necessária da lei do progresso. Sem a reencarnação, como explicar a diferença que existe entre o estado social atual e o dos tempos de barbárie? (KARDEC, 2008, p. 144)


As vibrações do ambiente, decorrentes das ações humanas e energias presentes, podem influenciar a saúde espiritual e física. Em muitos casos, as doenças são consideradas expiações ou provas, ou seja, lições e desafios necessários propostos antes da reencarnação com o objetivo de evoluir o espírito.


No capítulo XXVIII do livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, encontra-se a seguinte passagem que confirma: “As doenças fazem parte das provas e vicissitudes (mudanças) da vida terrestre; elas são inerentes (ligadas) à imperfeição da nossa natureza material e à inferioridade do mundo que habitamos. As paixões e os excessos de todos os gêneros semeiam em nós germes malsãos (nocivo à saúde), frequentemente hereditários.” (KARDEC, 2009, p. 271)


Lembrando que sobre as provas, de acordo com “O Livro dos Espíritos”, são escolhidos os tipos de tribulações que o Espírito irá suportar, pois existe o livre arbítrio, mas em tudo há a permissão de Deus, pois Ele estabelece todas as leis que regem o Universo.

- 258a. Dando ao Espírito a liberdade de escolher, Deus lhe deixa a inteira responsabilidade de seus atos e das consequências que estes tiverem.

- Nada lhe estorva o futuro; abertos se lhe acham, assim, o caminho do bem, como o do mal. Se vier a sucumbir, restar-lhe-á a consolação de que nem tudo se lhe acabou e que a Bondade divina lhe concede a liberdade de recomeçar o que foi malfeito. Ademais, cumpre se distinga o que é obra da vontade de Deus do que o é da vontade do homem. Se um perigo vos ameaça, não fostes vós quem o criou e sim Deus. Vosso, porém, foi o desejo de a ele vos expordes, por haverdes visto nisso um meio de progredirdes, e Deus o permitiu (KARDEC, 2022, p. 139).


Até aqui elucidamos através da Lei de Causa e Efeito, ou de Ação e Reação, onde encontram-se os princípios do livre-arbítrio, da fatalidade/destino, da escolha das provas, afirmando que a Terra pode influenciar nas doenças, uma vez que ao chegar no ambiente terrestre haveria influência material de todos os tipos afetando tanto o físico, mental, espiritual e emocional do corpo fluídico. A ideia principal é buscar fortalecer as virtudes, como um meio de superar as dificuldades, aprender com elas e evoluir espiritualmente.


Mas se a Terra influencia as doenças, como manter o equilíbrio diante do caos? Muitas doenças que assolam a humanidade no século XXI não têm cunho somente espiritual (provas e expiações, obsessão, mediunidade descontrolada), as questões psicológicas (ansiedade, depressão, transtorno alimentar) e energéticas (bloqueio dos chakras) têm sua parcela de contribuição. Muito do que acontece com o ser humano, no que diz respeito a debilitar a saúde, tem origem nos sentimentos e emoções. Tudo que prende, uma hora ou outra se manifesta no corpo físico – cabelo, pele, órgãos. O corpo sempre dá sinais, é preciso pensar no que foi reprimido, talvez uma palavra que deixou de ser dita, o choro que foi engolido, a raiva que consome, a mágoa que corrói, antes que somatize e o corpo carnal adoeça. Tudo é energia! Talvez aquela doença não estava na programação de evolução do espírito, mas por não saber lidar com as adversidades da vida, contraiu-se uma enfermidade.


As Terapias holísticas (Reiki, Cromoterapia, Fitoterapia, entre outras) tem a função de detectar possíveis doenças através do fluxo energético, antes de manifestar no corpo físico. Portanto, afirmar que a Terra influência nas doenças, nos leva a pensar mais fundo sobre nossa responsabilidade individual e coletiva em cuidar da saúde, tanto do corpo quanto da alma.

 


Referências:

1- KARDEC, Allan. A Gênese – Os milagres e as Predições Segundo o Espiritismo. Tradução de Salvador Gentile, revisão de Elias Barbosa. Araras, SP, IDE, 52° edição, 2008.

2- KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Tradução de Salvador Gentile, revisão de Elias Barbosa. Araras, SP, IDE, 365° edição, 2009.

3- KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. Tradução de Guillon Ribeiro. Campos dos Goytacazes, RJ, Letra Espírita, 1ª edição, 2022.

130 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Kommentare


bottom of page