Espiritismo e Ufologia

Por: Taynná Jansen


O termo UFO é uma abreviação da expressão em inglês Unidentified Flying Object, traduzindo para o português significa Objeto Voador Não Identificado, ou OVNI, como muitos conhecem.


Um UFO é um objeto ou um ser, desconhecido ao ser humano, extraterreno, que visita ou acompanha o nosso planeta. A ufologia tomou notoriedade com o Caso Roswell, conhecido mundialmente e podemos o considerar como o pioneiro. A queda de um OVNI em julho de 1947, na cidade de Roswell, no estado do Novo México nos EUA, mesmo depois de militares terem afirmado, e jornalistas divulgado em um jornal da região, a história foi desmentida no dia seguinte, justificada com a queda de um balão meteorológico. Eventos e contatos como este, ocorreram em toda a história da humanidade, e suas referência aos “deuses das estrelas”.


Para compreendermos a ligação entre espiritismo e ufologia precisamos adentrar nas bases da codificação.


Jesus, quando encarnado na terra, anunciava a pluralidade dos mundos e das existências: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar” (João, 14:1-4). A pluralidade dos Mundos é uma das bases do espiritismo: “A casa do Pai é o universo. As diferentes moradas são os mundos que circulam no espaço infinito”. (ESE, cap. 3, item 2.).


Em “O Livro dos Espíritos” temos as seguintes questões: 55. Todos os globos que circulam no espaço são habitados? – “Sim e o homem terreno está bem longe de ser, como acredita, o primeiro em inteligência, bondade e perfeição. Há, entretanto, homens que se julgam espíritos fortes e imaginam que só este pequeno globo tem o privilégio de ser habitado por seres racionais. Orgulho e vaidade! Creem que Deus criou o Universo somente para eles”. Logo em seguida; 56. A constituição física dos diferentes globos é a mesma? – “Não; eles absolutamente não se assemelham”. E mais a frente; 57. A constituição física dos mundos não sendo a mesma para todos, os seres que os habitam terão organização diferente? – “Sem dúvida, como entre vós os peixes são feitos para viver na água e os pássaros, no ar.”.

De acordo com a Doutrina Espírita, os espíritos se classificam em três ordens: Imperfeitos, Bons e Puros. Segundo a questão número 100 do Livro dos Espíritos: “os Espíritos não pertencem para sempre e exclusivamente a esta ou aquela classe; o seu progresso se realiza gradualmente, e, como muitas vezes se efetua mais num sentido que noutro eles podem reunir as características de várias categorias, o que é fácil apreciar por sua linguagem e seus atos. ”.


Nas questões seguintes encontramos: TERCEIRA ORDEM - ESPÍRITOS IMPERFEITOS - 101. Caracteres gerais. Predominância da matéria sobre o espírito. Propensão ao mal. Ignorância, orgulho, egoísmo, e todas as más paixões que lhes seguem. Têm a intuição de Deus, mas não o compreendem. SEGUNDA ORDEM - BONS ESPÍRITOS - 107. Caracteres Gerais. Predomínio do Espírito sobre a matéria; desejo do bem. Suas qualidades e seu poder de fazer o bem estão na razão do grau que atingiram: uns possuem a ciência, outros a sabedoria e a bondade; os mais adiantados juntam ao seu saber as qualidades morais. PRIMEIRA ORDEM - ESPÍRITOS PUROS - 112. Caracteres Gerais. Nenhuma influência da matéria. Superioridade intelectual e moral absoluta, em relação aos Espíritos das outras ordens.


Conforme esclarecimentos dos espíritos, a progressão dos mundos é uma Lei divina. Hoje a terra passa pela transição do mundo de provas e expiações, para o mundo de regeneração. Claro, este processo transitório não será de uma hora para outra, mas sim, gradativamente, a partir do momento em que cada um de nós faz seu aprimoramento moral.

Em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, capítulo III, vemos a Classificação dos Mundos - Quanto ao grau de adiantamento ou inferioridade dos seus habitantes: Mundos Inferiores - a existência é toda material, reinam as paixões, quase nula é a vida moral; Mundos Intermediários - Misturam-se o bem e o mal, predominando um ao outro, segundo o grau de adiantamento da maioria dos que os habitam; Mundos Adiantados – A vida é por assim dizer toda espiritual - Quanto ao estado em que se acham e da destinação que trazem: Mundos Primitivos - destinados às primeiras encarnações da alma humana; Mundos de Expiação e Provas – onde domina o mal (Terra); Mundos de Regeneração - o bem começa a predominar sobre a maldade, mas as almas ainda têm o que expiar, haurem novas forças repousando das fadigas da luta; Mundos Ditosos ou Felizes – onde o bem sobrepuja o mal; Mundos Puros ou Celestes – habitações de espíritos depurados, onde exclusivamente reina o bem.


O processo reencarnatório nestes mundos envolve o conceito da lei natural de causa e efeito. No exercício do livre-arbítrio, o espírito encarnado vai construindo seu equilíbrio ou seu desequilíbrio, de acordo com a maneira pela qual enfrenta as situações e a vida. Como em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, cap. IV: “A reencarnação é a volta da alma ou Espírito à vida corpórea, mas em outro corpo especialmente formado para ele e que nada tem de comum com o antigo”. A reencarnação na cultura oriental em sua maioria, é aceita por séculos, como no hinduísmo por exemplo. Deus em sua infinita misericórdia sempre nos dá a oportunidade de recomeço para progredir. Como diria Kardec: “Nascer, morrer, renascer, ainda e progredir sem cessar, tal é a lei".


Para chegarmos aqui fomos criados simples e ignorantes, pelo princípio da inteligência divina e passamos por diversas encarnações. Nossa vida aqui se dá pelo grau de sintonia em que estamos com este planeta, e se precisarmos passamos várias encarnações aqui para nosso progresso.


No livro dos espíritos, sobre a encarnação nos diferentes mundos, nas questões 172. Nossas diferentes existências corpóreas se passam todas na Terra? – “Não, mas nos diferentes mundos. As deste globo não são as primeiras nem as últimas, mas as mais materiais e distanciadas da perfeição. ”. Em seguida, 173. A cada nova existência corpórea a alma passa de um mundo a outro, ou pode viver muitas vidas num mesmo globo? – “Pode reviver muitas vezes num mesmo globo, se não estiver bastante adiantada para passar a um mundo superior. ”. E continua, 173. a) podemos então reaparecer muitas vezes na Terra? – “Certamente. ”. Mais à frente, 179. Os seres que habitam os diferentes mundos têm corpos semelhantes aos nossos? – “Sem dúvida que têm corpos, porque é necessário que o Espírito se revista de matéria para agir sobre ela; mas esse envoltório é mais ou menos material, segundo o grau de pureza a que chegaram os Espíritos, e é isso que determina as diferenças entre os mundos que temos de percorrer. Porque há muitas moradas na casa de nosso Pai, e muitos graus, portanto. Alguns o sabem e têm consciência disso aqui na Terra, mas outros nada sabem. ”.


Nas primeiras publicações das Revistas Espíritas, até seu desencarne, Allan Kardec divulgou várias publicações sobre o tema, entre 1858 a 1869. Vários artigos e comunicações dos espíritos sobre mundos habitados foram divulgados, a maioria por seu amigo, o astrônomo e físico, pesquisador e médium Camille Flammarion. A ligação entre Ufologia e espiritismo também aparece pelas psicografias, como as de Chico Xavier, por exemplo, no livro Cartas de Uma Morta, ditadas por Maria João de Deus, mãe de Chico, onde a mesma relara sobre a vida em Marte e em Saturno com riqueza de detalhes, em uma visita que lhe foi permitida juntamente com seu mentor.


Hoje, décadas depois do caso pioneiro a ufologia moderna não se restringe apenas aos fenômenos e evidências, mas sim, todo e qualquer tipo de acontecimento com essas consciências cósmicas, no que tange também a espiritualidade. Seja no recebimento de mensagens, no auxílio às reuniões mediúnicas ou em trabalhos no bem, seja no auxílio a transição planetária. Algumas coisas ainda estão além da nossa capacidade de compreensão, mas é com o estudo e a auto permissão de novos conhecimentos, que podemos abrir nossa mente para a ligação com nossos irmãos das estrelas.

==========


Referências:

Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ufologia

Disponível em: https://ufo.com.br/artigos/como-tudo-comecou-o-caso-roswell

O Livro dos Espíritos, cap. II, questões 55 a 58

Livro dos Espíritos, Livro I, Cap. III

Livro dos espíritos, livro II, cap. I, questões 100 a 113.

O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 3, questões 3 ao 19.

50 visualizações

Mapa do Site

Formas de pagamento:

ATENDIMENTO:

Telefones: 

22  2724-0945

22  2731-2314

Whatsapp:

22  99890-7455

Redes Sociais

  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • Twitter
  • Blog

Clube do Livro LETRA ESPÍRITA

Levando até você conteúdos que iluminam

CNPJ: 13.022.435/0001-89

Caixa Postal  116764

Campos dos Goytacazes/RJ

28027-970

WhastApp 1.jpg