O Próximo Passo


Por: Espírito Amigo


Todas as vezes que imaginei passos, inevitavelmente me recordo das alpargatas em solo árido, caminhando distancias para a divulgação e vivência do Evangelho.


Assim fez Jesus, quando esteve entre nós. Caminhou incansavelmente, pois já aguardava pela hora morredoura, e, portanto, Ele sabia que era preciso caminhar!

Incrível a simbologia dos passos.


Um a frente do outro... quando a intenção é avançar!


Para cada passo, um levantar de pés... um renovado esforço muscular para que o movimento aconteça.


Sim! É preciso ter esforço, atitude... mesmo quando o avançar significar enfrentamento, como caminhar em lamaçal, em pedras escorregadias e afiadas, caminhar por solos escaldantes ou arenosos... os passos necessitarão serem dados!


Com um pé erguido e pronto a avançar, um turbilhão de possíveis acontecimentos pode vir a impedir que o membro toque o chão e impulsione o corpo.


Um turbilhão de sentimentos, de reflexão, de pessoas, de modos e desafios farão o dono do movimento desistir de avançar.


Porém, o mais interessante, é compreender que decidir não mais avançar, implicará em um esforço que se frustra.


A musculatura se recolhe, desperdiçando a energia motriz.


Um movimento que cessa, uma energia estagnada que colabora para resultados não efetuados.


A cada passo, as criaturas avançam para novos cenários da vida. Mudam-se os ambientes, as intenções, os pensamentos, as ações.


O passo é o movimento.

O passo adiante é o futuro se manifestando.

E o que dizer do passo que não se faz? Pode-se dizer que,

O melhor passo recolhido é o da reflexão.

O passo atrás quando não provém da reflexão, é o medo, a falta de fé!


Portanto percebo que a simbologia dos passos encontra no imperativo do Mestre “Vinde a mim, ...”, sua essência.


Jesus espera de nós a coragem para que continuemos a dar os passos que há tantos séculos de existência temos dado.


A coragem para passos confiantes no futuro gracioso que nos aguarda! Pois na reta final, vislumbraremos a Sua imagem e caminharemos com Ele... e como Ele.


Que os nossos próximos passos sejam em obediência ao imperativo anunciado, pois Ele nos aguarda “ (...) até no final dos tempos. ”

108 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo