A Bela Arte de Agradecer



Por: Rafaela Paes


Somos seres imperfeitos, grosseiros, propensos a perceber mais o mal que nos rodeia do que o bem que nos protege. Sim, não é exagero dizer isso! Uma pergunta simples elucida qualquer dúvida sobre a veracidade da frase: Para você, leitor, é mais fácil ser pessimista ou manter-se constantemente no otimismo?


Pois é! O pessimismo parece que já tem morada em nosso cérebro. Ele vem antes de passarmos a dispender de um esforço hercúleo para pensar positivo.


Mas vos digo, meus queridos irmãos de caminhada: A gratidão é o mais belo sentimento que pode fazer morada dentro da gente. Da gratidão, ouso dizer, derivam todos os demais bons sentimentos que desejamos como nossos companheiros: o amor, a paz, a tranquilidade, a fé, a amizade, o carinho, a empatia.


Neste artigo não vou me valer de textos doutrinários, haja vista que a gratidão é o que permeia a Doutrina Espírita como um todo. Hoje, o artigo pretende mudar nossa visão sobre os detalhes que acontecem ao nosso redor diariamente, e que não percebemos.


Por que, ao invés de reclamar por ter perdido o ônibus, não para um minuto e agradece a Deus por um possível livramento?


Por que, ao invés de reclamar da chuva que dificulta a sua locomoção diária, não agradece pelas plantações, rios, que estão sendo agraciados pelas águas dos céus e que irão suprir suas necessidades de alimento e de água?


Por que, ao invés de reclamar de um novo problema que apareceu em sua vida, não se recolhe por um tempo, pedindo o concurso da Espiritualidade que o assiste em todos os momentos e agradecendo pelos milhões de problemas pelos quais você com certeza passou, e que foram vencidos?


Por que, ao invés de maldizer o sol que te faz irritado e suado, não agradece pelos seus raios que nos são vitais?


Por que, ao invés de julgar aquele que se encontra deprimido e que comumente você evita em seu convívio, não profere sentida oração agradecendo pela sua saúde mental e pedindo que a Espiritualidade interceda em auxílio deste irmão?


Por que, ao invés de reclamar do seu trabalho, por ter que acordar cedo demais, por ter que aguentar um chefe difícil, não agradece por ter um emprego, pedindo que os Espíritos que assistem ao nosso País intercedam em favor daqueles que hoje se encontram desesperados em busca de qualquer trabalho?


Por que gritar aos quatro ventos que não gosta de frio, e não agradecer por ter vários cobertores a sua disposição, podendo inclusive ajudar aos que se encontram em situação de rua nas noites frias de inverno?


Por que maldizer a sua sorte, ao invés de agradecer pela dádiva da reencarnação, presente que tantos Espíritos errantes esperam ansiosamente para depuração de suas faltas?


Faça da gratidão um hábito, em seus mínimos detalhes.


Não agradeça apenas pelas grandes vitórias, pelos grandes bens que conquista, agradece pelo pequeno. Observe que sua vida é um conglomerado de pequenos momentos, atitudes, bens, que na somatória, faz você ser o que é.


Perceba que o muito lhe é dado por merecimento, mas esse muito precisa do pouco para crescer, por isso, AGRADEÇA POR TUDO.


Como nos ensina a nova companha do Clube do Livro Letra Espírita:


Aprecie os dias de sol...

Aprecie os dias de chuva...

Aprecie as pessoas...

Apreia a natureza...

Aprecie a família...

Aprecie a boa leitura...

Aprecie A VIDA!

Seja grato, e mesmo que não espere nada em troca, a vida com certeza retribuirá!

94 visualizações

Mapa do Site

Formas de pagamento:

ATENDIMENTO:

Telefones: 

22  2724-0945

22  2731-2314

Whatsapp:

22  99890-7455

Redes Sociais

  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • Twitter
  • Blog

Clube do Livro LETRA ESPÍRITA

Levando até você conteúdos que iluminam

CNPJ: 13.022.435/0001-89

Caixa Postal  116764

Campos dos Goytacazes/RJ

28027-970

WhastApp 1.jpg